O globalizado

Você o conheceu numa praia descolada. A mãe, eslovena, o pai, austríaco, ele, francês. Se a ONU fosse um ser humano, seria este bofe. Depois de um incrível romance de 7 dias, em que você exercitará suas habilidades como poliglota, ele colocará a mochila nas costas rumo à Nova Zelândia.

RISCO EMBUTIDO: apaixonar-se. Fuja, corra, ou pare na Polícia Federal para fazer seu passaporte. Este bofe não possui raízes e viajar é seu destino.

PORQUE FAZER: nada como incrementar seus conhecimentos de outras línguas, quer dizer, em outras línguas.

DEVO, ENTÃO? Darling, jogue-se nos braços desse cromossomo y sem medo de ser feliz. Mas não esqueça que namoro à distância tem limite: quando a coisa passa a ser medida por um oceano, pode complicar...

Um comentário:

katyane disse...

ninguém merece esses globalizados!!! eu pulo fora!!! bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina