Da Série Histórias Para Boi Dormir:

Desassistidas Reescrevem os Contos de Fada

Você conhece a Pocahontas?
Para quem não sabe, é aquela historinha do encontro de dois mundos: o dos brancos e o dos índios. Pocahontas foi o primeiro filme da Disney baseado em uma história real.
Você não sabia??
Pois é, a Pocahontas existiu mesmo: ela se casou com o soldado inglês John Rolfe e morreu de varíola aos 22 anos (que novinha, não viu nem seu peito cair) durante a jornada da Inglaterra de volta à sua terra natal.
Mas vamos ao que interessa. Primeiro, esqueça toda a confusão do final da história, melhor ainda se você nem lembra dele...
Pronto, apagou da memória? Certo, agora um final novo!
John Smith (É SMITH OU ROLFE???) parte no seu navio, deixando Pocahontas para trás. Porém, dá a ela um computador (com o Messenger instalado, é claro), web cam e microfone, para que os dois possam manter contato até o sonhado dia do casamento.
Mas uma coisa John não imaginou ao presentear sua amada. Além do acesso à rede mundial de computadores, Pocahontas ganhou um novo amor: o PC!
A partir disso, pouco importava sua avó (a árvore que falava) ou todos os amiguinhos da floresta, pois ela foi encontrando novos amigos na Internet. Em alguns dias, era só ligar o computador para surgir uma chuva de "pis" provocados pelo msn. Desesperada, até criou um novo endereço de e-mail e adicionou apenas os mais íntimos.
E foi com a ajuda da tecnologia que Pocahontas pôde manter contato com todas as outras princesas e realizar os preparativos para o casamento, apenas com o simples teclar de seus dedinhos.
Porém, algo terrível aconteceu...
Um belo dia, ao checar seus e-mails, Pocahontas recebeu uma mensagem com o seguinte título: Você está sendo traída. Cólera, decepção, sentimentos diversos tomaram conta da pele vermelha: estaria o seu cara pálida com outra? Ao abrir a mensagem, viu fotos de seu amado nos braços de Yasmin (a ex-mulher do Aladim, aquele das calças bufantes e top dourado...). Claro, ela não sabia da existência do Photoshop e da maldade do homem branco. Eram montagens toscas, mas Pocahontas nelas acreditou e rompeu seu noivado com John usando apenas uma frase pelo msn: "a saudade e a distância são os algozes do amor".

Moral da História: Nós mesmas conseguimos transformar nossos príncipes em sapos.

3 comentários:

Daniele disse...

Fe, Ro, Tha,

Adorei a reflexão ao final acerca da Estória. Realmente se não houver (generalizando) muita confiança, qualquer tolice é capaz de desmoronar um relacionamento.
No que tange a Pocahontas...rsssss, nunca nutri simpatia pela moçoila, então acho que John fez melhor negócio ficando com Yasmin, mesmo porque esta namorava um "bofe" extremamente deselengante.rsssssss

Calça bufante e top dourado ? rssssssssss...... Isso é um dejà vú, dos tempos da disco...rssssss.

Agora eu quero saber com quem ficou o pobre Aladin , com essa indumentária toda ? podem me contar ? ...Entrou para algum site de namoros ? ou acabou "fisgand" a cinderela ? rssssssss

Beijosssssss.

Ps:- Lindas terça feira foi impossível ouvir o programa de vocês pq. meu filhinho estava me solicitando, mas na próxima terça tenho certeza que irei ouvir.

Ro, continuo firme nas minhas preces por ti e por todos os seus. Sei a delicadeza do momento, mas o tempo é o Senhor de tudo...cura as dores, apazigua tudo e fica apenas uma doce e inesquecível lembrança.

Dani F. disse...

Oi gurias...
Amei!!!
Se a gente mesmo transforma...culpa nossa pelos sapos ao nosso lado..vai entender?
Vou aparecer via Blogger a partir de hoje...Seu halo me deixou..era um sapo mesmo!hahahaha...
beijos

FernandoJS disse...

Que história pirada...uhauhauha

To precisando de ajuda de vocês....to procurando um slogan pro meu blog e não consigo achar...por favor me AJUDEM!!

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina